“Se eu sou defensor de alguma coisa, é de se mover. 

MyFlightRadar24: como é e como usar


Receba notícias no seu celular, acesse o canal do OHM no Telegram

Olá pessoal! Hoje o tema do post é o myFlightRadar24! Vamos falar o que é, de quem é e vamos te ensinar a usar! Bora?

Antes, vamos falar do FlightRadar24! Ele começou lá em 2006, com 2 avgeeks suecos que resolveram criar uma rede de receptores ADS-B na Europa, para rastrear os voos da região. Em 2009 eles abriram a rede deles para todo o mundo e hoje temos acesso ao rastreamento de voos em praticamente todo o planeta. Ele atende a toda a comunidade envolvida e que orbita a aviação, tanto companhias aéreas, aeroportos, forças de segurança, fabricantes e até mesmo avgeeks e passageiros comuns. E as informações essenciais são fornecidas gratuitamente a qualquer pessoa!

Ele traz informações bem completas sobre o rastreamento dos voos, como velocidade, altitude, a aeronave que está fazendo o voo, além de oferecer dados dos aeroportos, em alguns aeroportos, dados como portão de desembarque e esteira de bagagem designada para aquele voo. E não apenas, como fornece dados sobre aeroportos e as frotas das empresas. Para os usuários dispostos a pagar pelos serviços do FlightRadar24, ele fornece mais informações que ao usuário comum, como a localização de waypoints e auxílios a navegação, aerovias, meteorologia e um banco de dados mais completo de voos anteriores. Se você gosta de aviação, ao menos uma vez na vida usou o FlightRadar24, isso se não usa frequentemente (o meu caso)! Ele não é o único serviço para essas funções, mas é o mais famoso e o mais completo deles.

MyFlightRadar24: como é e como usar
Aviões rastreados pelo FlightRadar24 em todo o mundo. Foto: Divulgação

O que nasceu como uma brincadeira, foi só crescendo. Para as fotos exibidas, fizeram uma parceria com o JetPhotos, assim todos os usuários podem ver fotos detalhadas e recente das aeronaves que veem no app. Para ajudar os usuários a contabilizarem seus voos, em 2011 comprou o recém-lançado FlightDiary e em 2017, integrou-o ao FlightRadar24, tornando-se assim o myFlightRadar24.

Como eu disse no começo, ele é um site onde você pode armazenar as informações dos seus voos. A partir delas, você tem acesso a várias estatísticas dos seus voos, como o número de voos que fez, a quantidade de milhas (ou quilômetros voadas), aeroportos que mais passou, rota que mais fez, se voou a trabalho, a passeio ou como tripulante, entre diversos outros dados. Além disso, é possível ver uma listagem de todos os seus voos. Eu mesmo, sempre printo as listagens e mostro nos grupos, quando o assunto é voos que fez ou aeronaves que voou.

Passada essa apresentação, vamos ao que interessa, e te ensinar a usar um myFlightRadar!

O primeiro passo é criar uma conta nele. Se você já tiver uma conta no FlightRadar24, ela valerá para o myFlightRadar24, bastando você apenas criar um username. Se não tiver, você pode usar sua conta no Google ou Facebook, para logar. A partir desse momento, a página principal irá abrir e estará zerada. Então, você irá adicionar seus voos. Há 2 maneiras de adicionar um voo no site: um voo que você já fez ou um voo que você ainda fará.

MyFlightRadar24: como é e como usar
Esse é o meu myFlightRadar! Quer ver como é? Clique aqui!

1. Voo passado (que você já fez)

Primeiro, você clica em + Add Flight, disposto logo no topo do site. Irá aparecer a tela abaixo:


Após aparecer, a primeira informação que você irá colocar é a data do seu voo e o número do seu voo, como já coloquei. Clique em next. Irá aparecer a tela abaixo:

Como o voo que eu adicionei é de 2019 e a malha aérea mudou muito, os dados do voo G31120 que eu adicionei não batem com o voo G31120 que eu fiz. Então, eu corrigirei as informações. Lembrando que isso só é necessário em casos assim. Se os dados estiverem corretos, você irá apenas adicionar o prefixo da aeronave no campo “Aircraft reg.” ou corrigir o tipo de avião no campo “Aircraft type”. Se você quiser colocar os horários reais de pouso e decolagem e em caso de voos internacionais com fuso horário, a duração real, pode fazê-lo sem problemas. No meu caso, vou adicionar todas as informações corretas do meu voo e depois, clico em next:

Já estamos na fase 3 do fluxo, e adicionaremos as demais informações do voo, como a classe (Economy, Economy+, Executive, First ou Private), o tipo do assento (Window para janela, Middle para meio e Aisle para corredor), o número dele, o motivo da minha viagem e uma nota pessoal, que pode ser mais sobre a sua viagem ou algo do tipo. Eu, coloco o portão do meu embarque. Todos esses campos são opcionais, você coloca apenas se quiser. E a nota pessoal você só vê estando logado no seu perfil. Novamente, next:

Chegamos a última fase do fluxo, onde você irá avaliar a companhia aérea, a aeronave e os aeroportos como quiser. Por fim, clique em Save.

Pronto! Seu voo está adicionado ao seu histórico de voos! Agora, vamos adicionar um voo futuro!

Lembrando que, nesse caso, caso você tenha Twitter e quiser que o voo apareça para seus seguidores na hora da decolagem, é importante que você vá em Settings, depois “Connections” e faça a conexão do myFlightRadar com o seu twitter. O voo aparecerá assim para seus seguidores, de forma automática:

MyFlightRadar24: como é e como usar

Passadas as instruções aos tuiteiros, é hora de adicionar o voo futuro!

2. Voo futuro (voo que você ainda fará)

Bom, vou aproveitar e dar um spoiler aqui: em Março eu vou fazer uma viagem de férias pra Porto Seguro, na Bahia. O meu voo de ida terá uma conexão em Salvador, e é exatamente esse voo que eu vou adicionar! Lembrando aos tuiteiros que para o voo aparecer, os 3 campos devem estar selecionados, como estão no meu print. Dito isso, clique em next!

MyFlightRadar24: como é e como usar

Diferente do voo anterior, quase todos os dados estão corretos. A única modificação que farei é no campo aeronave, de A320-200 para A320neo. Como não sei o prefixo do avião que vai fazer meu voo, deixo em branco. Role a tela pra baixo e clique em next.

MyFlightRadar24: como é e como usar

Como eu ainda não sei o meu assento e não vou comprar (marcando somente no check-in), preenchi apenas a classe que vou e o motivo da viagem. Os demais campos, edito depois e clico em “SAVE”. Como não tem a opção para qualificar os aeroportos agora, é só finalizar:

Lembrando que pra ficar completo, depois do voo você precisará voltar, preenche as informações restantes e qualificar os aeroportos, empresa aérea e aeronave. Para isso, só ir na página “Flights”, clicar por sobre a data do voo e depois Edit.

Se tiverem qualquer dúvida, comente abaixo! Muito obrigado por terem lido!